Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

01
Set17

A II Guerra Mundial

Ricardo Jorge Pereira

Começou, às primeiras horas do dia 1 de Setembro de 1939, a ser escrito aquele que se viria a tornar um dos capítulos mais sombrios da história da humanidade.

Falo da II Guerra Mundial.

Um conflito que teve como ‘protagonistas’ principais Adolf Hitler, Josef Stalin, Franklin Delano Roosevelt, Winston Churchill, Benito Mussolini ou o imperador japonês Hirohito e outros, tantos outros, nos ‘bastidores’ (mas cuja acção foi tanto ou mais importante do que a dos ‘protagonistas’ principais…) como Reinhard Heydrich, Adolf Eichmann, Vyacheslav Molotov, Julius Robert Oppenheimer, Alan Turing, o general Hideki Tojo.

Apesar de ter tido todos os “ingredientes” que, na generalidade, se associaram a outros conflitos armados já ocorridos, a II Guerra Mundial – que durou de 1 de Setembro de 1939 a 14 de Agosto de 1945 – foi ‘palco’ de alguns ‘actos inovadores’: o planeamento metódico do extermínio de um povo – o judeu1 – que culminou no Holocausto e o lançamento de duas bombas atómicas.

A II Guerra Mundial foi a causa para a perda de cinquenta milhões de vidas humanas mas foi, também, o acontecimento que a todos demonstrou aquilo que o Homem é capaz de fazer ao seu semelhante2.

 

1 Este plano de destruição teve, na sua base, a chamada Conferência de Wannsee (realizada a 20 de Janeiro de 1942) em que se procurou afirmar, ideologicamente, a legitimidade da Solução Final e coordenar a logística para a levar a efeito.

2 Escreveu Hubert Reeves no seu “Malicorne – Reflexões de um observador da Natureza” o seguinte: «No pequeno Homo Sapiens tudo é demasiado. Nele, intimamente misturados, estão o sublime e o horrível. Há nele, em potência Wolfgang Amadeus Mozart e Adolf Hitler».

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D