Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

18
Ago17

Conformistas e não revolucionários

Ricardo Jorge Pereira

O novo jornal online Nature Human Behaviour publicou, há dias, um estudo levado a cabo por quatro investigadores em economia comportamental.

Ora, nas linhas introdutórias desse estudo – “Behavioural economics: Preserving rank as a social norm” – escreveu-se o seguinte: «os testes realizados permitem afirmar que as pessoas não gostam da desigualdade de rendimentos. Será que, no entanto, estão dispostas a alterar a hierarquia social estabelecida para eliminar essa mesma desigualdade? Uma ampla experiência de cariz multicultural permite mostrar que, desde jovens, a maior parte das pessoas recusa a alteração da ‘configuração’ social como forma de remover as diferenças entre ricos e pobres. Tal é, pois, uma norma social».

Ou seja, as pessoas – quaisquer que sejam a sua idade e o seu país de origem – recusam desencadear processos que possam levar a mudanças na hierarquia social.

Estou a lembrar-me, à medida que vou registando estas linhas, de uma frase proferida pelo almirante José Pinheiro de Azevedo em Novembro de 1975 no Terreiro do Paço, em Lisboa: «o povo é sereno».

Sem dúvida.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D