Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

16
Out17

'Novos' emigrantes portugueses integrados?

Ricardo Jorge Pereira

Retomo o tema da ‘nova’ emigração portuguesa e da «integração».

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, sublinhou, em finais de Outubro de 2013, que a ‘nova’ geração de emigrantes portugueses não participava na vida comunitária no país de acolhimento o que poderia, alertou, criar problemas no caso de existirem dificuldades na integração social.

Desconheço em que documento(s) se baseou para fazer tal observação: não sei, desde logo, o que, cientificamente, significa «não participar na vida comunitária no país de acolhimento».

Não integrar ranchos folclóricos nem frequentar cafés ou outros estabelecimentos comerciais de “origem” portuguesa?

Ou, pelo contrário, não participar, voluntariamente ou não, em actividades desenvolvidas por partidos políticos, organizações não-governamentais ou associações desses mesmos países de acolhimento (ou seja, não portugueses)?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D