Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

02
Jul18

A China, os países de língua portuguesa e a Universidade de Coimbra

Ricardo Jorge Pereira

Li, há dias, que a Universidade de Coimbra tinha criado o curso “A China e os Países de Língua Portuguesa na Economia Mundial: Comércio, Turismo, Cooperação e Desenvolvimentopara começar a ser leccionado no próximo ano lectivo.

Este curso, de formação avançada e ministrado em língua inglesa, tem, então, os seguintes objectivos: «Nos últimos anos, a República Popular da China tem consolidado a sua presença nos Países de Língua Portuguesa: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Os atores que desempenham um papel no relacionamento entre estes dois mundos, geográfica e culturalmente tão distantes, reconhecem, necessariamente, a importância da aprendizagem e preparação para a concretização dos seus objetivos. O curso procura dar resposta ao interesse crescente no aprofundar dos laços entre duas realidades tão diferentes, garantindo o conhecimento necessário ao sucesso da atividade profissional (futura) dos participantes.

Este curso reinventa o futuro de uma relação que já tem séculos. A Universidade de Coimbra, que desempenhou um papel importantíssimo na história do relacionamento Ocidente-Oriente estabelecendo a ponte entre a Europa e a China a partir de meados do século XVI, tem um passado de intensa colaboração e contributos para o conhecimento mútuo e reforço dos laços de amizade sino-lusófonos. Por um lado, nesta que foi, durante muito tempo, a única universidade do mundo lusófono, têm estudado jovens oriundos de todos os países de língua oficial portuguesa, principalmente do Brasil. Por outro, Coimbra tem formado muitos estudantes chineses, futuros diplomatas no mundo lusófono, professores ou tradutores de língua portuguesa e até juristas, uma vez que o direito vigente em Macau, tal como nos países de língua portuguesa, é o direito português [até 2049, pelo menos...].».

Resta-me, pois, felicitar a coordenadora do curso, a Professora Carmen Amado Mendes, e desejar que tal formação contribua para que se ‘alargue’ bastante o número daqueles que compreendem o papel da China e dos países de língua portuguesa no mundo de hoje e no mundo de amanhã...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D