Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

08
Ago18

A prevenção e a 'cultura' de segurança

Ricardo Jorge Pereira

Alguém ‘postou’ recentemente, numa rede social que utilizo com bastante regularidade, um não muito extenso vídeo contendo a seguinte legenda: «A Brazilian crewchange».

Ou seja, uma mudança brasileira de equipas de trabalho.

Numa plataforma petrolífera, segundo percebi.

Ora, aproveitei para comentar que o conteúdo dessa espécie de legenda não era propriamente exacto já que embora se pudessem detectar falhas de segurança elas não eram, seguramente, apenas “observáveis” no Brasil.

Percebi, no entanto, o ‘fundo’ dessa legenda: pretenderia criar mais um estereótipo relacionado com a segurança e os procedimentos adoptados no Brasil.

Generalizando, claro.

E, “ainda por cima”, de forma negativa, pois.

O objectivo final, por assim dizer, situar-se-ia algures dentro desta perspectiva: “No Hemisfério Norte é a segurança que ‘reina’. Por outro lado, no Hemisfério Sul...”.

Mas, por tudo quanto tenho lido, visto, ouvido e por tudo aquilo que tenho tido a (feliz) hipótese de testemunhar ‘in loco’, penso que a cultura de facilitismo não é característica de uma ou de outra região nem de um país em concreto.

Ela é, pelo contrário, extremamente “democrática”.

Cito o que aconteceu com o navio “Prestige”, por exemplo – bem como de algumas outras situações de poluição no Mar por hidrocarbonetos –, para continuar a colocar enormes reservas na segurança no que à navegação diz respeito.

E também em terra: com os incêndios, com os sismos, com as inundações, com… .

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D