Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

22
Fev18

Cosméticos «made in France»

Ricardo Jorge Pereira

A federação francesa que representa as empresas fabricantes de produtos de beleza anunciou, há dias, que em 2017 foram exportados produtos no valor de quase 14 mil milhões de euros.

Alguns países asiáticos revelaram-se, uma vez mais, como os maiores compradores de produtos de beleza «made in France».

Recordo, por isso, um artigo que li há já alguns anos – “Ma pharmacie est une attraction touristique (editado, em versão digital, pelo jornal francês Le Monde em fins de Março de 2015) – dando conta de que uma farmácia localizada num bairro de Paris recebia, todos os dias, cerca de um milhar de turistas provenientes da Ásia (sobretudo da Coreia do Sul mas, também, da China) à procura, principalmente, de produtos cosméticos. Por isso, muitos, de entre os cerca de cinquenta funcionários, manejavam as línguas coreana, chinesa, japonesa, árabe, italiana, portuguesa e espanhola.

De resto, o artigo “How cultural diferences cause dimensions of tourism satisfaction(assinado por Lindsay W. Turner, Yvette Reisinger e Lisa McQuilken em 2001 e publicado no Journal of travel & tourism marketing) assinalou que «o turista pode ter a ideia preconcebida de que muito poucos ‘serviços’ no destino vão, de facto, falar a sua língua.».

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D