Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

21
Mar18

Os Maias

Ricardo Jorge Pereira

Quando, há dias, me preparava para publicar um texto aqui no blogue deparei-me com a ‘publicidade’ feita ao artigo de uma autora a propósito do filme “Eu, Tonya”.

Ora, já tentei, na verdade, mas simplesmente não consigo (ou melhor, não tenho conseguido) manter-me completamente actualizado em relação, por exemplo, a muitos filmes que estreiam nas salas portuguesas.

Para ser completamente honesto: nalguns casos nem quero…

No entanto, o filme “Os Maias: Cenas da Vida Romântica”, realizado por João Botelho, estreado em 2014, creio, não era um desses filmes.

Talvez porque já tivesse tido a felicidade de ler (e reler) o livro escrito por Eça de Queiróz interessava-me ver como tinha ficado, por assim dizer, a sua adaptação para cinema.

Gostei de ver (talvez ao contrário de muitos).

Desde logo porque consegui reconhecer a história: evidentemente que um filme com, talvez, duas horas de duração nunca poderia documentar todos os detalhes da história que o livro conta.

Mas o ‘essencial’ da mesma está lá.

Notei, claro, limitações ao nível de cenários que, refira-se, ‘grandes’ produções norte-americanas não têm.

Já agora: escrevi, há dias, sobre o (excelente) actor português António Silva. Não tenho quaisquer dúvidas de que se esse e outros colegas de profissão, seus contemporâneos e ‘posteriores’, vivessem em países como os Estados Unidos da América, sobretudo, teriam acesso a condições inexistentes em Portugal e, assim, “facilmente” alcançariam a notoriedade mundial.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D