Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

22
Ago18

"Os portugueses vistos..."

Ricardo Jorge Pereira

Devo a um livro escolar que utilizei quando era estudante do ensino secundário estes ensinamentos:

 

«Os Portugueses vistos…

 

...pelos Africanos

Um dia sobre o mar surgiu um grande barco. Tinha asas brancas e brilhantes como facas ao sol. Homens brancos saíram da água dizendo palavras que ninguém compreendia. Os nossos antepassados tomaram medo e pensaram que eram «vumbi», almas do outro mundo. Conseguiram fazê-los regressar ao mar disparando nuvens de flechas. Mas os «vumbi» começaram a cuspir fogo com um barulho de trovão…

 

Tradução oral africana, in F. Braudel, Civilização Material…, III.

 

 

...pelos Chineses

Pode dizer-se que o objectivo primeiro da vinda dos Fu-lang-chi [os Portugueses] para a China foi o comércio (…).

As gentes Fu-lang-chi são altas e têm grandes narizes. Os olhos são como os do gato e a forma da boca como a da águia. O pêlo cresce-lhes até nas costas das mãos e as suas barbas são vermelhas. Amam o comércio e, apoiados no seu poder militar, têm o hábito de invadir e oprimir os países mais pequenos. Vão a qualquer sítio onde haja lucro (…) Usam roupas limpas e bonitas...Sempre que surge uma disputa, apontam para o céu e juram dizer a verdade.

 

História dos Ming (adaptado).

 

 

...e pelos Japoneses

Estes homens [os Portugueses] são comerciantes (…). Bebem em copo sem o oferecerem aos outros. Comem com os dedos (1) e não com pauzinhos como nós (…). São gente que passa a vida viajando de aqui para além, sem morada certa, e trocam os produtos que possuem pelos que não têm, mas no fundo não são má gente.

 

Crónica Teppo-Ki (adaptado).

 

(1) No século XVI, os Europeus ainda só raramente usavam o garfo.».

 

 

É evidente que as ‘visões’ aqui transcritas estavam – como não poderia, talvez, deixar de ser – imbuídas de um conjunto de estereótipos e generalizações criados e ampliados pelo facto de aqueles portugueses serem dominadores e conquistadores.

Esse tempo de dominação e de conquista já passou, claro.

Felizmente.

Interessar-me-ia, no entanto, perceber que estereótipos e generalizações existem actualmente sobre os portugueses por esse mundo fora: em países africanos, na China e no Japão, por exemplo.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D