Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

30
Ago18

Pátria

Ricardo Jorge Pereira

Num tempo em que as atitudes nacionalistas – mais ou menos racionais e coerentes – parecem ‘comandar’ as políticas, as economias e, claro, comunidades em todo o mundo, opto por reproduzir o poema “Pátria” que foi escrito por Miguel Torga (pseudónimo de Adolfo Correia da Rocha) no seu “Diário II” e que se pode, também, ler numa ‘placa’ existente no parque nacional Peneda Gerês – já consagrado pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera:

 

 

«PÁTRIA

 

 

Serra!

E qualquer coisa dentro de mim se acalma…

Qualquer coisa profunda e dolorida,

Traída,

Feita de terra

E alma.

 

 

Uma paz de falcão na sua altura

A medir as fronteiras:

- Sob a garra dos pés a fraga dura,

E o bico a picar estrelas verdadeiras…

 

 

Miguel Torga, Diário II»

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D