Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

uso externo

uso externo

28
Set18

Ser todo em cada coisa

Ricardo Jorge Pereira

Refere a placa que se encontra junto ao túmulo que contém os restos mortais do poeta Fernando Pessoa, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, o seguinte:

 

«Um dos poetas mais importantes do séc. XX.

Encarnou diversas personalidades – heterónimos – como Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos.».

 

E a outra placa – ‘afixada’ no próprio túmulo do autor – recorda, de facto, um poema assinado por um destes heterónimos de Pessoa:

 

«PARA SER GRANDE, sê inteiro: nada

Teu exagera ou exclui.

Sê todo em cada coisa. Põe quanto és

No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda

Brilha, porque alta vive.

 

 

14.2.1933 Ricardo Reis».

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D